Omniverse: O Fim da Cronologia DC?

Omniverse: O Fim da Cronologia DC: A DC Comics sempre teve em sua história as Terras Paralelas: universos similares, porém únicos, que possuíam heróis variados, seguindo a premissa de ampliar com variações os heróis clássicos da editora. Também serviam como “casa” para personagens comprados de outras editoras como os heróis da Charlton Comics (Besouro Azul, Capitão Átomo, Questão, Pacificador) e Fawcett Comics (Capitão Marvel/Shazam, Mary Marvel, Capitão Marvel Jr.).

Toda essa metodologia da DC Comics de “Multiverso” funcionou muito bem até a década de 80, onde se decidiu, com o evento Crise nas Infinitas Terras, que só existiria 1 única Terra, com todos os heróis do Multiverso reunidos.

Saiba mais sobre a Crise nas Infinitas Terras na matéria abaixo:

O conceito de Multiverso ficou “dormente” na DC Comics por alguns anos, mas foi inevitável o seu retorno. As expectativas dos criadores eram enormes: todos queriam contar histórias dos heróis de Terras Paralelas. O retorno da Sociedade da Justiça foi só o começo para que o Multiverso voltasse com tudo.

Depois o conceito do Multiverso se expandiu para o Hipertempo: onde histórias que se passavam em outras épocas poderiam fazer parte do Multiverso. E vice-versa.

Esses conceitos levaram a cronologia da DC Comics ao limite da compreensão: para se entender uma história era necessário ter o conhecimento de anos de cronologia e eventos. Crise nas Infinitas Terras. Zero Hora. Armageddon 2000. Crise Infinita. Crise Final. Flashpoint. Eram mais de 3 décadas de histórias.

Nos últimos anos, um novo conceito foi lançado pela DC Comics: a existência do Multiverso Sombrio (Dark Multiverse) que expandiu o Multiverso e Hipertempo em versões malignas das histórias. Tudo isso sem contabilizar os universos Cinematográficos, de Séries de TV, Games e Animações.

Dark Multiverse

Entendam que, para um fã da DC Comics, a expansão é algo natural. Mas impede que novas gerações se interessem pela DC. Impede a renovação do público. Cria laços jurídicos complexos. Para quem olha de fora, é uma confusão.

Lendas do Dark Multiverse

Para resolver toda a questão, a DC Comics está lançando mais um conceito que vai ser a solução definitiva para todos os problemas citados: o Omniverso (Omniverse).

No Omniverso, toda a cronologia da DC Comics é válida e acessível. Tudo o que foi criado é válido, e as histórias não se sobrepõem em importância. Perde-se o peso da cronologia histórica, mas ganha-se na liberdade criativa. Seria o Omniverse o Fim da Cronologia DC?

Saiba mais sobre o conceito de Omniverse na matéria abaixo:

Vai dar certo? Não sabemos. Mas a DC Comics já começou o Omniverse. A revista Death Metal: The Rise Of The New God já apresenta um novo “Vigia” do Omniverse. O conceito já iniciou.

Já temos o anúncio do Batman de 1939 (o Batman original) fazendo parte do grupo de heróis temporais na revista Generations: Shattered #1.

Batman original de 1939

Saiba mais sobre Generations: Shattered na matéria abaixo:

O que esperamos é que essa nova DC Comics seja mais acessível às novas gerações, sem que se perca a qualidade e peso histórico do passado. Tem espaço para todos. Nós, como leitores, queremos somente boas histórias.

Saiba mais sobre as mudanças promovidas pela DC Comics para 2021 na matéria abaixo:

O que acham? Deixe seu comentário!

Avalie a matéria

Augusto Velazquez - O Canibal

Augusto Velazquez - O Canibal - Um homem compacto. Porém inteligente. Criador de Universos de Quadrinhos e Animações Nacionais.