Warner busca ator e diretor negros para reboot do Superman!

O Hollywood Reporter confirmou, através de uma fonte muito confiável, que a Warner e o estúdio Bad Robot, do produtor JJ Abrams, estão em busca de um diretor e um ator negro para o reboot da franquia do Homem de Aço nos cinemas.

Não será dessa vez que adaptarão Val-Zod como Superman nas telonas!
Não será dessa vez que adaptarão Val-Zod como Superman nas telonas!

Como informado antes nesta matéria, a Warner está empenhada em reiniciar a franquia de filmes do Superman e não será com Henry Cavill, como todos os fãs querem, mas de uma forma bem diferente. A novidade? Não será Val-Zod ou Calvin Ellis (o famoso presidente Superman) como cogitado anteriormente, mas sim o próprio Kal-El.

A lista de diretores é escolhida a dedo e entre eles estão Steven Caple Jr. (Creed 2), JD Dillard, Regina King (One Night in Miami) e Shaka King. O roteiro está sendo escrito por Ta-Nehisi Coates, que deve apresentar o primeiro esboço do roteiro à Warner/Bad Robot até dezembro deste ano.

O reboot do Superman aparentemente não compartilhará o universo com o Batman de Robert Pattinson, como muitos rumores afirmavam anteriormente. O THR informou também que Coates está elaborando um Kal-El nos moldes dos quadrinhos originais do Homem de Aço e fará com que o protagonista venha de Krypton para a Terra. Embora a história esteja sendo elaborada e muitos detalhes possam mudar, especula-se que o filme se passe no século XX.

O intuito dos estúdios é trazer representatividade utilizando um dos super-heróis mais importantes de todos os tempos. Será que vai criar problemas com os fãs mais tradicionais do Homem de Aço? Desconfio de problemas à vista, prezada Warner.

Compre a revista Superman: Antologia no link abaixo:

Superman: Antologia

Avalie a matéria

Puyol Miranda

Uma simples testemunha da humanidade, que presencia todos os dias as grandes maravilhas de Deus. Além de presenciar o mais lindo momento de uma etapa de crescimento, me tornar pai. Sou analista de ti, leitor de quadrinhos, decenauta convicto e amante da tecnologia.