Todd McFarlane Expande O Universo Spawn!

Todd McFarlane Expande O Universo Spawn: Primeiro ele sacudiu o mercado com a criação da Image Comics – e seu título autoral, Spawn. Depois ele ajudou a dar uma nova cara pro mercado de action figures com sua empresa McFarlane Toys. Agora, a novidade pode, pela terceira vez, sacudir o mercado: o presidente da Image, Todd McFarlane, agora expande o universo Spawn!

A ideia é que sua principal criação, o soldado do inferno Spawn, tenha uma linha de revistas e não fique restrito a um único título. A “primeira onda” dessa linha terá três novas séries: King Spawn, The Gunslinger e The Scorched. A nova fase começa em junho, com o lançamento de Spawn’s Universe #1, com os outros títulos em agosto, outubro e dezembro, respectivamente. O ponto mais importante é criar um universo com novos personagens e novos títulos – centralizado em Spawn mas interconectado, a exemplo dos universos Marvel e DC e seus universos de heróis. Até o ano que vem teremos, portanto, um título do Universo Spawn por semana, ao invés de um por mês, como é hoje.

O primeiro título mensal da nova era do McFarlane Studios será King Spawn #1, e agosto. “Spawn agora terá a ilustre companhia de personagens estelares, como Superman, Batman e Homem-Aranha. Múltiplos títulos mensais de um mesmo personagem. Será a primeira vez em 28 anos que teremos uma edição #1 de Spawn“, declarou o autor, lembrando o lançamento da primeira edição do Soldado do Inferno em 1992.

Em outubro, teremos o segundo título e, nas palavras de McFarlane, The Gunslinger possui muitas similaridades com o Justiceiro, ou o Lobo: “ele vai fazer o Spawn parecer um escoteiro!” O personagem fez muito sucesso entre os fãs no ano passado, e cada nova aparição garantiu muita empolgação entre fãs e varejistas.

The Scorched será um gibi de equipe, pensado para atingir leitores “que querem ver um grupo de personagens e como eles interagem entre si numa formação cheia de pilantras de primeira”. A equipe terá o Spawn, Gunslinger, She-Spawn e o Redentor, com outros aparecendo rotativamente. McFarlane também garantiu que novos vilões serão introduzidos aqui.

McFarlane sabe o quanto seu planejamento é ambicioso, mas mantém os pés no chão: “A pergunta é: a DC Comics começou seu universo compartilhado no final dos anos 30. A Marvel começou o dela no começo dos anos 60… Será que o raio pode cair no mesmo lugar três vezes, em 2021? Pessoalmente, não tenho a resposta pra essa pergunta agora, mas o único jeito de descobrir é tentando!”

Spawn’s Universe é uma iniciativa que vai precisar de diversos criadores para ajudar a fazer que esses novos títulos – e os personagens planejados – cheguem aos leitores, e então recompensar esses criadores caso alguma de suas ideias decole pra fora dos quadrinhos em grande estilo. “A missão não é ter nossas ideias vivas apenas, exclusivamente, nos gibis, mas ter mérito e valor fora dessa indústria. Meu personagem Spawn é um exemplo do que pode acontecer com uma criação… Então quais as possibilidades se centenas de criações são trazidas juntas? As grandes editoras nos mostraram que um coletivo de personagens, reunidos, em um universo compartilhado, podem ressoar globalmente. Eu acho que é hora do Davi tentar entrar na mesma arena que os Golias do mundo.”

Um dos pontos mais importantes pra garantir a longevidade e saúde mercadológica dessa linha foi recrutar nomes de talento para trabalhar nas séries. Alguns autores envolvidos e confirmados até agora são Donny Cates, Frank Quitely, Marc Silvestri, Jim Cheung, Sean Gordon Murphy, Arthur Adams, J. Scott Campbell, Mike Del Mundo, Ales Kot, Jason Shawn Alexander, Carlo Barberi, Brett Booth, Javier Fernandez, David Finch, Jonathan Glapion, Kevin Keane, Puppeteer Lee, Sean Lewis, Ben Oliver, Paulo Siqueira, Stephen Segovia, Marcio Takara e um velho conhecido dos leitores de Spawn: Greg Capullo.

McFarlane será consultor criativo e vai ficar com atribuições mais editoriais do que realmente ter participação ativa nos títulos. Segundo o autor, era preciso ser realista com um projeto tão ambicioso – não dá pra fazer tudo sozinho. “Tem que ter cinco ou seis nomes que sejam capazes de chamar a atenção dos varejistas”, ele explicou. “Sei que muitos dos nomes mais famosos vão se ocupar com outras coisas com o passar do tempo, mas mantenho o olho aberto até no Instagram, procurando novos talentos. Quero dar mentoria e ajudar que tenham seus nomes reconhecidos”, disse ele, citando que não vai criar um novo Todd McFarlane, mas vai abrir o caminho para uma dúzia no futuro.

“Até o fim desse ano, eu terei saído de um gibi mensal pra quatro. É uma tarefa grande que estou assumindo aqui.”

A maioria dos colegas de McFarlane na fundação da Image investiram em linhas de gibis, enquanto manteve uma revista-solo – ainda que Spawn tenha tido seus spin-offs ao longo dos anos (Angela, Hellspawn, Sam & Twitch, Medieval Spawn, Violator, entre outros) . Então, por que mudar tudo agora? “Chega um momento em que eu tenho que me tornar obsoleto”, ele explica. “Esse deve ser o objetivo nos quadrinhos, certo? Não posso estar no centro de tudo, o tempo todo. Essa é a próxima evolução natural do que criei e espero que daqui a trinta anos o seu impacto ainda seja sentido.”

Spawn teve um aumento gigantesco nas vendas recentemente, entre 150 e impressionantes 600% desde que a pandemia começou. O título do soldado do inferno atualmente figura entre os cinco mensais mais vendidos da distribuidora Diamond e, recententemente, o lançamento de um novo boneco do personagem feito pela plataforma de financiamento coletivo Kickstarter bateu o recorde de sua categoria, alcançando três milhões e meio de dólares em 30 dias.

Spawn’s Universe estará disponível simultaneamente em comic shops e plataformas digitais, bem como os novos títulos e a série mensal do personagem. É a história acontecendo diante de nossos olhos, e o Popsfera vai acompanhar cada onda que essa explosão causar no mercado!

Saiba mais sobre os novos personagens do Spawnverse na matéria abaixo:

O que acharam da matéria Todd McFarlane Expande O Universo Spawn? Deixe seu comentário!

Avalie a matéria

Raul Kuk o Mago Supremo

Raul Kuk - o Mago Supremo. Pai de uma Khaleesi, tutor de uma bruxa em corpo de gata.