Sr. e Sra. Grimm

O amor está no ar dentro do nosso querido Universo Marvel, nerd tetudo, e após Kitty Pride abandonar Colossus duro como aço no altar e Gambit apostar tudo no casamento com Vampira, é a vez do nosso querido judeu de pedra, nosso famoso olhos azuis da também judaica Lower East Side de Manhattan, o sobrinho da Tia Petúnia BENJAMIN JACOB GRIMM, o COISA, juntar seus lixa-pedras com sua namorada de longa data (numas idas e vindas, é verdade) Alicia Reiss Masters, formando assim o casal SR. E SRA. GRIMM.

Ben Grimm, você sabe, se deu mal naquele rolê ao espaço com a família Richards/Storm e se transformou num monstrão empedrado (no bom sentido, claro).

Susan – que na época não era Richards, mas sim Storm – o batizou de COISA assim que o viu. Benjinha, o Coisa, poderia ter ali mesmo apontado um de seus quatro dedos fantásticos culpando Reed Richards, seu parceiro de aventuras e melhor amigo, mas ele preferiu guardar sua amargura para si.

O caminho do Coisa cruzou com o de Alicia pela primeira vez no distante ano de 1961, na revista FANTASTIC FOUR #8. Na trama, o pai adotivo de Alicia, o Mestre dos Bonecos, a usa num plano do mal para derrotar o Quarteto. O vilão careca e com sobrancelhas engraçadas descobre da pior forma possível que o amor é cego mesmo quando Alicia mostra enorme empatia pelo Coisa em sua versão pedregulho (ela também toca seu rosto humano. mencionei que ela é cega?). Esse gibi foi publicado apenas três vezes no Brasil: uma pela editora Bloch, em 1976, na revista O TOCHA HUMANA #12; a segunda vez pela editora Panini em sua coleção Biblioteca Histórica Quarteto Fantástico #1 e, finalmente, reproduzida pela terceira vez nesse gibi do casamento. Achei uma encheção de linguiça bastante apropriada para a ocasião…

Essa história está no Quarteto Fantástico #1 da Panini.

Muita coisa aconteceu desde essa história, mas tudo o que você precisa saber para o casamento é: num momento de reflexão, acreditando que havia perdido parte de sua família para sempre, o Coisa enfim percebe que esse é o momento e faz o pedido. Alicia aceita antes de ele terminar a frase.

O gibi é hilário: a despedida de solteiro e a de solteira, uma conversa com o pai da noiva, os preparativos para a cerimônia e, claro, alguns vilões clássicos não convidados.

Escrito por Dan Slott e Gail Simone e com desenhos de Adam Hughes, Mike Allred e mais uma galera, esse gibi lembra muito aquele anual do Quarteto, o terceiro, lá de 1965, que trouxe o primeiro casamento da Marvel, entre Reed Richards e Susan Storm. Naquela ocasião, uma dupla bem famosa tentou participar da cerimônia mas foi barrada confundida com penetras. Tenho certeza que ela, a dupla, ficou muito satisfeita com esse gibi nos olhando lá de cima, do lado da Eternidade.

Felicidades ao casal, eles merecem…

QUARTETO FANTÁSTICO – SR. E SRA. GRIMM na loja virtual da Panini.

Agradecimentos totais ao site GUIA DOS QUADRINHOS, onde eu fiz uma pequena pesquisa para essa matéria. Visite, tem tudo lá.

Avalie a matéria