Rick & Morty – O Surpreendente Final da 4ª Temporada!

O que você esperava da season finale de Rick & Morty?

Nós já tivemos tanto aquele final “fechado”, com todos os plots do episódio resolvido, quanto finais mais “abertos”, que só fomos ver como acabaram na temporada seguinte. E havia aí uma grande expectativa pelo retorno do Evil Morty, que chegou a aparecer no trailer dessa temporada.

Ele está dando uma piscadinha por baixo do tapa-olho.

Mas se tem uma coisa que já devíamos saber é o quanto Dan Harmon e Justin Roiland são bons em quebrar expectativas. Mais do que isso: eles jogam na nossa cara qual a grande surpresa dessa season finale logo em seus primeiros minutos de exibição!

The BAD-ASS Beth!

Lembram-se do mundo de fantasia que Rick criou para Beth, no nono episódio da terceira temporada (The ABC’s of Beth)? Froopyland é uma terra cheia de cores e coisas doces, onde ela nunca poderia se machucar. Nesse episódio, Beth se vê diante do dilema de ter um clone que possa substituí-la, enquanto ela ficaria livre pra viajar pelo mundo, já que estava decepcionada com Jerry mas se vê presa aos filhos.

Beth decide ficar – pelo menos é o que achávamos.

E não fomos os únicos.

Há uma Beth liderando uma rebelião contra a Federação Galáctica. Essa Beth-Rebelde descobre que tem um dispositivo implantado no pescoço, e passa a acreditar que é a clone, enquanto a verdadeira está na Terra. Ela vai atrás de Rick para confrontá-lo, mas acaba atraindo a Federação pro nosso planeta, com planos de destruir a Terra! Rick precisa salvar a Beth “da Terra”, que virou alvo da Federação, mas as duas Beths acabam por se encontrar e ficam furiosas por Rick ter mentido pra elas.

Mas tudo se resolve com cerveja, certo?

A batalha contra a Federação acontece em várias frentes: Beth e Beth são capturadas por Tammy (lembram dela? A cruel esposa do Pessoa Pássaro), enquanto Morty e Summer invadem a nave-mãe da Federação com Rick e Jerry. O Jerry vinha sendo um dos pontos mais baixos dessa temporada, ele deixou de ser um loser simpático pra ser o tipo de bosta que a gente torce pra se dar mal – mas, nesse episódio, ele acaba conseguindo recuperar um pouco do respeito – mas só um pouco, e mesmo assim demora.

Convenhamos que assim fica difícil

O final do episódio é bastante triste e melancólico, como são todos que tratam das relações familiares e, principalmente, de Rick. Não há nenhuma pista do que podemos esperar numa quinta temporada, nenhuma prévia, mas fica muito material pra especulação. Beth Espacial e o destino de Pessoa Pássaro (Tammy o ressuscitou no primeiro episódio da terceira temporada) nos deixam claro que nada é esquecido. Nada é jogado por acaso e simplesmente largado pra trás. Cada episódio dessa temporada foi maior e melhor que o anterior – não resta dúvidas de que vai ser bem difícil manter o pique. Mas a julgar pelo que vimos até aqui, tem tudo pra ser o Endgame de Rick & Morty.

“Hello Darkness, my old friend…”
Avalie a matéria

Raul Kuk o Mago Supremo

Raul Kuk - o Mago Supremo. Pai de uma Khaleesi, tutor de uma bruxa em corpo de gata.