Rick & Morty 4ª Temporada – Episódio 8

O oitavo episódio da quarta temporada de Rick & Morty tem todos os elementos que amamos na série! Não só temos uma invenção mirabolante de Rick e as consequências de seu uso, como também discussões filosóficas, explicações científicas e situações pra lá de extremas! Atenção para spoilers moderados do episódio dessa semana!

SPOILERS! NÃO VEJA ESSA IMAGEM!

Tudo começa quando Rick & Morty se envolvem com gangsters numa negociação por joias espaciais. Os gansters alienígenas traem Rick, mas o cientista já estava preparado pra eventualidade: ele puxa Morty pra dentro de um tanque de “ácido” – na verdade, um líquido inócuo! Ele forja as mortes de ambos pra ouvir a conversa dos gângsters, mas Morty perde a paciência: ele mata os aliens e e diz que Rick teve uma ideia péssima! Mais do que isso: ele desafia Rick a colocar em prática uma de suas próprias ideias!

O que Morty quer é um dispositivo que permita fazer um “ponto de salvamento” na vida, igual no video game! Se algo der errado, ele pode voltar até o último ponto de salvamento e tentar de novo. Demora um pouco, mas Rick concorda: com o dispositivo, Morty pode corrigir qualquer erro – e até cometer alguns intencionalmente! Ao apertar o botão do dispositivo, ele tem a chance de corrigir o que fez, intencional ou não!

Espera, aquele não é o Bar do Moe!?

Morty começa a cometer todo tipo de crime, voltando para o último ponto de salvamento e, assim, eliminando todas as as consequências de seus atos. Ele até usa o dispositivo para conquistar o coração de uma bela garota! E é justamente aí que a merda agarra.

Ele para de usar o dispositivo quando conquista a garota. Se ele usar novamente, vai ter que conquistá-la de novo, no último ponto de salvamento e isso ele não quer. Ele está feliz, o namoro progride, e os dois viajam juntos. O vôo, porém, sofre um terrível acidente e cai em algum lugar com muita neve e nenhuma civilização. Morty pensa em usar o dispositivo, mas ele prefere tentar fazer a coisa certa e não se prender ao dispositivo! Mas será que é tão simples assim?

A outra opção é comer carne humana

O que temos em seguinda é uma discussão sobre como o dispositivo funciona, coroada com um debate sobre como lidamos com as consequências de nossos atos e como esse é processo é vital para a construção de nossa personalidade. Tentando fugir disso, ele cria uma vida vazia, com conquistas vazias, nada realmente se aprende ou faz sentido.

O episódio tem reviravoltas geniais – primeiro a gente pensa que eles vão ficar os próximos vinte minutos escondidos dentro do tanque de ácido falso, depois temos Morty focado em criar um bom relacionamento sem depender do dispositivo. Foi mais um exemplo de como a narrativa de Rick e Morty sabe se reciclar, surpreender e nos dar momentos que tocam – ou são extremamente incômodos. É o mais sombrio e também o mais sentimental episódio da série. Faltando apenas dois para o fim da temporada, nos resta esperar pra ver de que outras formas seremos surpreendidos, mas vai ser difícil superar esse episódio. É, de longe, o melhor da temporada até aqui.

“Oh, my god! They killed Morty!”
Avalie a matéria

Raul Kuk o Mago Supremo

Raul Kuk - o Mago Supremo. Pai de uma Khaleesi, tutor de uma bruxa em corpo de gata.