Quarentena Musical do Popsfera – [Dia 21] Green Day – Dookie

Olá amigos do Popsfera, como vocês estão? Espero que todos estejam bem!

Já se vão três semanas desde que começamos a nossa coluna de Quarentena Musical e, nesse tempo, indicamos um monte de bandas e discos legais, discos clássicos e atuais para se ouvir e ouvir, deixando essa situação de emergência que vivemos um pouco de lado.

Hoje gostaria de trazer talvez o primeiro registro que tive com o punk rock, ainda me recordando dos bons tempos da MTV Brasil. Foi nessa época, entre 1994 e 1995 que o Green Day, banda que dispensa apresentações, embalava nossas tardes com seus clipes nos programas musicais da antiga emissora. Nessa época, a banda lançava “Dookie”, um disco com status de clássico e com todos os méritos possíveis.

É fácil falar de músicas que tocaram em loop infinito nas rádios como “Basket Case”, “When I Come Around”, “She”, “Welcome to Paraside” e até “Long View”, música com um trabalho de baixo brutal do excelente baixista Mike Dirnt. Na verdade, “Dookie” é muito mais que isso.

Em uma época onde o grunge ditava o ritmo das rádios americanas, o lançamento de “Dookie” colocou o punk rock nos holofotes da música mundial e muitas bandas tiveram seu caminho desenhado pelo álbum de Billie Joe, Tré Cool e Mike Dirnt.

A banda vinha de dois discos muito bons e, ao ouvir sua segunda obra “Kerplunk” hoje em dia, me parece que a banda estava quase pronta para estourar no disco seguinte. Inclusive, “Welcome To Paradise” era uma canção do disco anterior que foi regravada em “Dookie”.

Entre os grandes méritos de “Dookie” estão a sua ótima recepção pelo público com mais de 20 milhões de discos vendidos, diversos prêmios como álbum de rock do ano de 1994 pela revista Time; ganharam um Grammy por “Melhor Álbum de Música Alternativa”, a honrosa colocação 193 entre os 500 álbuns de todos os tempos pela revista Rolling Stone e a presença entre os “200 álbuns definitivos no Rock and Roll no Hall da Fama“.

A grande verdade é que “Dookie” marcou época e merece ser para sempre lembrado como um disco que quebrou paradigmas. Além dos muitos singles do disco, destaques para “Burnout”, “Coming Clean”, “In The End” e “FOD”.

Se você nunca ouviu por completo, ouça para ontem “Dookie”. Com certeza vai mudar a sua vida e percepção musical, como vem fazendo desde a primeira metade dos anos 90 em tantos amantes de boa música.

Você pode ouvir esse clássico nas principais plataformas digitais.

E amanhã, mais um disco e uma nova semana na nossa Quarentena Musical. PMA!

 

Avalie a matéria

Renan Rennxxx

Fã incondicional de quadrinhos dos anos 90 (maior década), colecionador de quadrinhos, LPs e Straight Edge desde 1987. Gibis no acrílico, pizza e Anaheim Ducks são outras paixões. PMA sempre!