Quarentena Musical – [Dia 149] – Highscore – Unsuspecting Actors In A Bad Soap Opera

Ainda no começo dos anos 2000 era muito bacana conhecer novas bandas pelo selo nacional Liberation, onde cada conferida era uma nova descoberta magnífica que ficaria no discman por um longo tempo. E no meio dos discos lançados pelo relevante selo nacional, um deles foi o “Unsuspecting Actors In A Bad Soap Opera” da banda alemã Highscore.

A banda surgiu nos anos 90 em Münster, região do norte da Alemanha e desde 1997 já lançava discos rápidos, berrados e feitos para incomodar. Até que em 2002 os caras lançam seu último álbum, “Unsuspecting Actors In A Bad Soap Opera” que originalmente saiu pela gravadora Stereodrive! Records.

Em “Bad Soap” como era conhecido por aqui, vive um disco do mais puro hardcore direto e reto, em alguns momentos indo para um fastcore bem executado e com backing vocais fortes e marcantes. Os vocais, berrados e em alguns momentos falados também completam a obra que é muito boa de ser ouvida para todos os fãs de hardcore “sem grandes frescuras”.

A versão nacional desse disco possui 19 faixas (com duas faixas a mais que a versão original) e é uma peça que pode ainda ser encontrada recentemente por um preço acessível. Com duração próxima a 24 minutos, não faltam bons momentos no disco que vale a pena ser ouvido em sua totalidade (e seria um pecado pular algum som). Diferentemente da cena Metalcore que pegou muito forte a Alemanha, o Highscore estava em contramão apostando em menos técnica e mais agressividade nas sequências frenéticas de acordes de “Bad Soap”.

Para fãs de Scholastic Deth e Vitamin X (especialmente).

Aproveite, e confira essa pedrada no link abaixo.

Amanhã tem mais uma banda bacana e um disco especial! PMA!

Avalie a matéria

Renan Rennxxx

Fã incondicional de quadrinhos dos anos 90 (maior década), colecionador de quadrinhos, LPs e Straight Edge desde 1987. Gibis no acrílico, pizza e Anaheim Ducks são outras paixões. PMA sempre!