Quarentena Musical – [Dia 109] – Agnostic Front – Victim In Pain

Muito antes de revolucionar o hardcore e ser um pilar do crossover thrash nos anos 80, o Agnostic Front tem uma trajetória na cena underground e nesse tempo gravou ótimos álbuns. A polêmica banda surgiu em 1980, em Nova Iorque, na costa leste americana.

Inicialmente, a banda era skinhead em sua essência, mas diferentemente da cena skinhead inglesa que na época possuía bandas que defendiam políticas ultra-nacionalistas ou fascistas, os membros do Agnostic Front se diziam contrários a essas posturas e diziam que “amavam o seu país, mas não necessariamente como o governo funciona”. Com o passar do tempo a banda foi se distanciando dessa origem, se tornando uma banda essencialmente hardcore.

Nesse primeiro período foram gravados o EP “United Blood” em 1981 e “Victim In Pain” em 1984 lançado pela Rat Cage Records, um dos registros mais importantes do hardcore de todos os tempos e um item essencial para todo colecionador de música underground dos anos 80.

Com 11 faixas em 15 minutos de duração, o aclamado disco completo de estréia da banda chamou atenção pois era muito rápido, pesado e agressivo. Um registro que serviu como influência para diversas bandas que surgiriam nas próximas décadas com a sonoridade reta, frenética e alucinante que comporta o aclamado “Victim In Pain”. Algumas faixas como “Victim In Pain”, “Remind Them”, “Blind Justice”, “Last Warning”, “United & Strong”, “Your Mistake” e “Power” são referências do estilo e totalmente aclamadas entre os fãs da banda até hoje.

O Agnostic Front é uma banda lendária do cenário hardcore e seus primeiros registros apenas comprovam o quão boa era a banda nos seus primeiros passos. Com uma sólida e interessante estréia, a banda estava preparada para alcançar outros vôos e figurar entre os pesos pesados da música underground mundial.

Você pode ouvir esse disco nas principais plataformas digitais.

E amanhã mais uma semana musical começando firme, forte e sonora! PMA!

 

Avalie a matéria

Renan Rennxxx

Fã incondicional de quadrinhos dos anos 90 (maior década), colecionador de quadrinhos, LPs e Straight Edge desde 1987. Gibis no acrílico, pizza e Anaheim Ducks são outras paixões. PMA sempre!