Piores uniformes do Robin de Todos os Tempos!

Olar, Popnautas! Muita polêmica e Harn! Harn! Harn! nessa semana com a mudança de uniforme do nosso pobre ex-Robin esquecido, Tim Drake! O que é aquilo, amigos? Resto de fim de feira? Bazar da batcaverna? Bulling do Wayne? Um total desrespeito para nosso Robin geek favorito!

Mas acreditem, amigos! Há coisas piores no mundo fashion dos Robins! E é minha obrigação moral trazer até vocês os piores uniformes dos Robins de todos dos tempos!

Começamos com ele, nosso querido Dick, o Grayson. Tudo bem, ele era de uma família de trapezistas e gostava de uma roupinha mais ergonômica para acrobacias. Mas precisava o senhor Wayne botar apenas uma sunguinha verde, de pernas de fora, com sapatilhas de duende? Ok, eram tempos mais inocentes, mas mesmo assim, um uniforme daqueles só poderia causar traumas no nosso amado Dick! A revolta foi tanta que ele enlouqueceu, virou independente e fez uma roupa com uma gola bizarra e detalhes de escola de samba, e se auto-denominou Asa Noturna  (pobre Dick, parecia mais um beija-flor azul recém saído da discoteca dos anos 70).

Pelo menos no Batman Animated Series tiveram o bom senso de cobrir as pernas do Robin! Certeza que aquele Dick Grayson sofreu menos bullying nas ruas de Gotham.

A sunguinha verde do nosso garoto prodígio serviu de chacota futura em outros produtos da franquia, como no Titans Go (o trauma do passado do Robin) ou no Batman Lego (“baseado” na versão do “Reagge Man” do uniforme do morcego).

Ah, mas se fosse só essa sunguinha tava bom demais… Foi só cobrir as pernas e dar uns detalhes de preto no uniforme, que o Tim e o Damian não passaram tanta vergonha! O que dizer da versão feminina do Robin? Carrie Kelley, no clássico dos quadrinhos O Cavaleiro das Trevas, consegue piorar o que já era ruim, metendo óculos de fundo verde, puxa a blusa virando uma espécie de mini-saia vermelha, e com direito a um perigoso estilingue, para dar um toque a mais na tosquice. Oh, deus! Oh, pai! Poderia piorar? Sim, poderia! O bom Frank Miller, só pra sacanear, resolve vestir a Carrie de “menina leopardo” com direito a patins na terrível continuação de seu épico! Assim nascia a fantástica persona da “Catgirl” (Deus tenha piedade do Frank).

RED-ROBIN-2

Image 1 of 3

E o Tim, amigos! O bom Tim que tinha tudo, que era um bom Robin, que era responsável, inteligente, tudo para ser um bom Batman… Mas ai veio o Damian, o filho do homem… e ai, amigos! Ai complicou! Pobre Tim! Antes mesmo desse uniforme horroso que estamos vendo agora, ele tentou outro, o do Red Robin na saga “Batman RIP” – que, por sinal, era um uniforme horroroso, com capuz negro encobrindo o rosto, tipo um Robin com serias restrições orçamentárias e distúrbios psiquiátricos. E o pior de tudo: o uniforme nem original é! Foi usado anteriormente na serie Reino do amanhã, onde o Dick o utiliza como um “Robin Adulto”. Ou seja, além de feio é um uniforme de segunda mão! É de dar pena do pobre Drake!

ROBIN-MAMILOS-2

Image 1 of 2

E claro que o pior eu guardei para o final! Como esquecer os grotescos uniformes que Joel Schumacher nos presenteou em Batman e Robin e Batman Forever? Como, amigos? Como deixaram aquilo existir?!? Até mamilos o uniforme tem! Mamilos!! Pra que diabos um justiceiro quer mamilos num uniforme fosforescente? O que será que intimida a bandidagem e os meliantes: o brilho das luzes de Gotham refletindo nos músculos esculpidos no traje ou os mamilos pontiagudos apontando em direção aos criminosos? Tai um segredo que talvez nunca venhamos a saber, queridos leitores (e creio que seja melhor assim, para todos nós e principalmente para o pobre Chris O’Donnell, que, dizem, tem o uniforme de Robin guardado até hoje…)

Avalie a matéria

Pai Fader

Pai fader - Um homem de bem com a vida, cheio de espiritualidade, com uma visão holística sobre esse misterioso mundo pop