O Snyderverso e Seu Mar de Possibilidades!

O Snyderverso e Seu Mar de Possibilidades: Após assistirmos a aguardada versão de Zack Snyder do filme da Liga da Justiça, nos maravilhamos com as possibilidades do Snyderverso!

Ficamos absurdamente fascinados ao imaginar o que a obra poderia proporcionar para os personagens da DC Comics na telona – porém, logo caímos na realidade de que este incrível universo foi descontinuado anos atrás, dando lugar a uma série de filmes que focarão em personagens solo, sem a presença de um universo compartilhado que todo decenauta deseja.

Aguardada Snydercut é sucesso, porém não significa que ganhará as devidas continuações
O Snydercut é sucesso, porém não significa que ganhará as devidas continuações

E para piorar, mesmo com o absurdo sucesso de vendas que está sendo o lançamento do Snydercut da Liga da Justiça, a CEO da WarnerMedia Studios, Ann Sarnoff, despejou água no chope dos fãs que tinham uma fagulha de esperança, afirmando em uma entrevista à Variety:

“Eu aprecio que eles (fãs) amem o trabalho de Zack e estamos muito gratos por suas muitas contribuições para a DC. Estamos muito felizes que eles puderam ver a Liga da Justiça ganhar vida, porque isso não estava nos nossos planos até cerca de um ano atrás. Com isso, concluímos a trilogia (ela considera Homem de Aço, Batman x Superman e Liga da Justiça uma trilogia fechada do Snyder). Estamos muito felizes por termos feito isso, mas estamos muito animado com os planos que temos para todos os personagens multidimensionais da DC que estão sendo desenvolvidos agora”.

Claro que planos podem ser mudados, e a própria afirmação da CEO indica essa volatilidade ao mencionar que o Snydercut não estava no backlog de lançamentos um ano atrás. Se houve mudanças antes, então outras podem ocorrer novamente, mesmo que a entrevista tire um pouco da esperança de um #restorethesnyderverse.

E quando paramos para pensar nas incríveis possibilidades de que estamos sendo privados, é de encher os olhos de lágrimas.

Já parou para pensar nisso, prezado leitor? Não? Então listamos aqui grandes momentos que não veremos nas telonas (nem no HBO MAX, pelo jeito), por causa da descontinuação do Snyderverso!

Batman x Exterminador nos cinemas!

Snyderverso perdeu força sem este grande projeto
Snyderverso perdeu força sem este grande projeto

Se tem algo que é unanimidade em quem assiste os filmes da franquia do homem-morcego é assumir que Ben Affleck é a melhor encarnação do Batman já vista nos cinemas. E convenhamos que é a mais pura verdade, o ator soube balancear um obstinado Bruce Wayne com um amargurado e preparado Batman como nunca visto antes.

Zack Snyder soube também escolher um elenco de peso para compor o cast do universo do Batman. O que dizer de Jeremy Irons como um sarcástico mas muito inteligente Alfred, e o Comissário James Gordon interpretado por J.K. Simmons? Seria o melhor dos mundos num filme solo do morcego de Gotham.

E o epílogo da Liga da Justiça indicava um iminente confronto com um poderoso personagem, o Exterminador, que saberia a identidade do Batman.

Exterminador seria um rival a altura do temível Batman
Exterminador seria um rival a altura do temível Batman

Rumores apontam que a trama, que seria escrita e dirigida originalmente por Affleck, giraria em torno da vingança de Slade Wilson, que culparia o cruzado de capa pela morte de seu filho Grant Wilson.

Slade seria um dos grandes pilares da história e destruiria a vida de Bruce Wayne de “dentro pra fora”, matando todos com quem o vigilante se importava, minando assim a confiança do homem-morcego. Seria algo semelhante ao que Bane fez com Batman na história em quadrinhos A Queda do Morcego.

O filme seria um grande blockbuster com a introdução da Batgirl, que ajudaria o Batman no confronto contra o Exterminador. Segundo Joe Manganiello:

“Seria um grande confronto. Batgirl pularia para tentar ajudar Bruce, porque o Exterminador é tão rápido que ele pode antecipar os movimentos do Batman. E haveria uma grande luta em Gotham City, em que Batman está assustado porque ele percebeu que encontrou alguém que pode enfrentá-lo. E isso leva a esta grande batalha pelas ruas de Gotham City no final.”

O melhor Batman dos cinemas. E com preparo!
O melhor Batman dos cinemas. E com preparo!

É ou não é para se lamentar por este projeto não ter ganho vida? Nos perdemos um excelente filme, que certamente bateria os recordes da trilogia de Christopher Nolan, mas isso é assunto para outra matéria.

Após a retirada de Zack Snyder do filme da Liga da Justiça, Ben Affleck se afastou também do filme do Batman por causa de seus problemas com álcool e o projeto foi cancelado, sendo substituído por The Batman, com direção do excelente Matt Reeves.

Homem de Aço 2

Após Batman v Superman ter sido escolhido como a continuação direta de Homem de Aço, os fãs até hoje esperam uma continuação de um dos melhores filmes do azulão nos cinemas.

Maior e melhor Superman? Right!
Maior e melhor Superman? Right!

Também pudera, Henry Cavill, o interprete de Clark Kent/Superman soube realmente absorver a verdadeira essência do personagem, ao mesmo tempo que dava toque de autenticidade e originalidade ao personagem. Os dilemas enfrentados pelo herói o tornavam mais humano, e não eram os poderes que o definiam. Incrível, não?

Apesar de ter um personagem tão bem construído como esse, os executivos da Warner optaram por deixa-lo no limbo e estão tentando reestruturar uma nova franquia com um Superman totalmente diferente, pelas hábeis mãos de JJ Abrams e seu estúdio Bad Robot.

Filme solo do Cyborg!

O Snydercut nos fez ver que Ray Fisher tinha razão por reclamar todos esses anos do corte de Joss Whedon. Após assistirmos à visão original do diretor, pudemos atestar a real importância do Cyborg na trama e até nos importamos de verdade com o personagem. Tudo isso graças a um ótimo desenvolvimento das motivações e o pano de fundo de Victor Stone com seu pai Silas.

Um filme do Cyborg deste Snyderverso é tudo que precisamos!
Um filme do Cyborg deste Snyderverso é tudo que precisamos!

Porém, Fisher aparentemente se queimou com a Warner por cobrar com muita veemência uma investigação do estúdio, por entender que ele e mais alguns sofreram abusos por parte de Whedon e outros do grande escalão. Nomes como Geoff Johns, Toby Emmerich e Jon Berg vieram à tona como um vulcão em erupção.

Nesses últimos anos se tornou uma luta particular de Fisher para que os casos de racismo nos bastidores da produção viessem à tona. E o ator informou que só voltaria a interpretar o Cyborg após um pedido de desculpas de Walter Hamada.

Enfim, parece que as desculpas não vieram, nada sobre as investigações de abuso veio a público e, em contrapartida, a participação do Cyborg no filme do Flash foi retirada. Até mesmo porque se você já assistiu ao crossover Crise nas Infinitas Terras da CW, verá que quando o Flash de Ezra Miller acessa o universo do corredor escarlate interpretado por Grant Gustin, ele menciona Victor Stone. Essa foi uma indicação de que o filme seria uma grande viagem pelo multiverso do estúdio.

Com o ator no limbo, dificilmente veremos um filme do Cyborg nos cinemas. Infelizmente, pois, havia muito potencial a ser explorado no personagem.

Caçador de Marte na Liga da Justiça!

O fanservice de Snyder ao introduzir o Caçador de Marte como um personagem recorrente no seu universo abriu possibilidades incríveis. A maior delas foi a expansão do leque de personagens poderosos no Snyderverso, capitaneados por J’onn J’onz, (interpretado por Henry Lennix).

J’onn J’onz foi um bom fanservice para o Snyderverso!
J’onn J’onz foi um bom fanservice para o Snyderverso!

Ao mesmo tempo que nos causa fascínio, nos coloca em dúvidas sobre o estranho silêncio de um personagem tão poderoso em meio as catástrofes como o ataque de Zod, a luta contra Apocalypse e o confronto da Liga contra o Lobo da Estepe.

Com certeza, se Snyder fosse reconduzido ao controle da franquia, daria explicações e motivações claras para as ações de J’onn J’onz. E seria de grande acréscimo à Liga da Justiça, afinal a nível de poder do Caçador de Marte rivaliza com o Superman.

E digo mais, se houvesse um filme solo do Caçador de Marte, seria sucesso! Afinal, Henry Lennix é um baita ator e daria muita credibilidade ao papel.

Batgirl treinando novo Batman!

Segundo Zack Snyder em uma entrevista ao Esquire a Batgirl seria Barbara Gordon e teria um papel fundamental no futuro da franquia do Batman.

Certamente a Batgirl de Zack Snyder chamaria a atenção!
Certamente a Batgirl de Zack Snyder chamaria a atenção!

“Sempre quis que Barbara Gordon aparecesse no cinema”, disse ele à Esquire. “O comissário Gordon estaria de saída e teríamos Barbara começando a desempenhar um papel maior.”

O diretor já falou sobre suas intenções para o que aconteceria após o primeiro filme da Liga da Justiça. As continuações envolveriam a linha do tempo de Knightmare – o futuro apocalíptico e de pior cenário em que Darkseid conseguiu conquistar a Terra e onde o Superman sucumbiu ao controle da Equação Anti-Vida.

Superman cederia ao lado negro da força (ops, isso seria outro filme né? Rs), porque Batman falhou em salvar Lois da morte – o que, mais tarde, significaria que Batman precisa voltar no tempo, com alguma ajuda do Flash, e se sacrificar para salvar Lois e o mundo. Depois disso, o filho de Lois e Superman, chamado Bruce, se tornaria o próximo Batman.

“Minha ideia era que, depois que Batman se sacrificasse, haveria uma janela onde não havia Batman, e pensei que Barbara poderia preencher isso até que o filho de Superman e Lois, que não tem poderes, se tornasse o Batman quando ele tivesse idade” explicou Snyder.

Ele acrescentou: “Essa era a ideia de qualquer maneira. Parecia fazer sentido. Então, é claro, Barbara poderia ter sido sua mentora, mas quem sabe?”.

No final seria realmente coerente Bruce Kent assumir o manto do Batman. Um filho do Superman, só que sem poderes, que precisa respeitar o legado de ambos os personagens. Seria ou não seria interessante?

Snyderverso teria seu Elektron e seria Ryan Choi!

Ryan Choi aparece em vários momentos chaves no Snydercut ao lado do Dr. Silas Stone, como um cientista de alta patente nos Laboratórios STAR, e que estava envolvido em estudos sobre nanotecnologia. Quem o interpreta é Zheng Kai.

Zheng Kai interpretando Ryan Choi na Liga da Justiça do Snyderverso!
Zheng Kai interpretando Ryan Choi na Liga da Justiça do Snyderverso!

Para quem não sabe, Ryan é um personagem no panteão heroico da DC Comics, responsável por assumir o manto do Elektron (Ray Palmer). Ele detinha habilidades de encolhimento até o nível subatômico.

Zack Snyder, visionário como é, já pensava nas oportunidades de diversificação e inclusão com um herói chinês. Em uma entrevista ao Entertainment Weekly, o diretor disse que chegou a apresentar uma ideia para um filme do Elektron. Então o destaque de Ryan nessa versão da Liga da Justiça tinha bastante propósito.

A expansão do Snyderverso seguia um único propósito. Tinha foco, direcionamento, autenticidade, originalidade e, mais que isso, identidade própria. Quando a Warner escolheu destitui-lo do seu papel de diretor da franquia de super-heróis, criou uma grande lacuna, que não conseguiu preencher com os filmes-solo e sem conexão com um universo expandido. Filmes como Aves de Rapina e Shazam, apesar de demostrarem um relativo sucesso, não têm a grandiosidade que os personagens em quadrinhos merecem – e que Zack Snyder proporcionava.

Nos resta, como fãs, torcer para que o novo pedido seja atendido. Não sabe ainda?

Nova hastag que deve atazanar os executivos da Warner
Nova hastag que deve atazanar os executivos da Warner

Há um clamor do público para que a Warnermedia entregue novamente o projeto do Snyderverso nas mãos do visionário Zack Snyder. Assim ele poderia levar adiante suas ideias no HBO MAX, assim como fez com a Liga da Justiça.

Se a empreitada vai dar certo, só tempo dirá, mas fica a torcida pela #restorethesnyderverse. Afinal, como diria uma aclamada obra contemporânea:

“Eles nunca nos enfrentaram antes. Não a nós, unidos.”

Avalie a matéria

Puyol Miranda

Uma simples testemunha da humanidade, que presencia todos os dias as grandes maravilhas de Deus. Além de presenciar o mais lindo momento de uma etapa de crescimento, me tornar pai. Sou analista de ti, leitor de quadrinhos, decenauta convicto e amante da tecnologia.