NOVELIZAÇÃO DE STAR WARS TRAZ REVELAÇÃO SOBRE OS PAIS DE REY

A novelização de STAR WARS – A ASCENSÃO SKYWALKER (Rae Carson) começou a ser distribuída na C2E2 de Chicago, e traz uma versão estendida dos acontecimentos do filme, preenchendo várias lacunas que, por um motivo ou outro, acabaram ficando de fora.

Já falamos da revelação de que Palpatine (Ian McDiarmid) era na verdade um clone, e de que o beijo entre Kylo Ren (Adam Driver) e Rey Skywalker (Daisy Ridley) não foi um “beijo romântico”.

Mas à medida que os sortudos que conseguiram o acesso antecipado aos livros estão terminando a leitura, novos detalhes estão vindo à tona. Entre revelações que explicam melhor a conexão de Kylo e Rey, como os “novos” poderes da Força de Rey funcionam e como Palpatine sobreviveu tanto tempo, uma revelação importante se destaca.

Image result for palpatine e rey

 No final do filme, descobrimos que Rey é neta de Palpatine, e que seus pais eram pessoas comuns, que se sacrificaram e a venderam como escrava em Jakku, para escapar do jugo do Imperador. Isso gerou mais dúvidas do que certezas, com fãs fazendo perguntas como “Quem teria coragem de dormir com o Imperador?”.

O livro mostra que quando Rey está assistindo o Ritual Sith no planeta Exegol (antes dela passar o sabre de luz para Kylo via “transmissão da Força”) ela começa a ter visões sobre o passado de Palpatine. Ele descobre que após os acontecimentos de O Retorno de Jedi, o Imperador conseguir transferir a sua consciência para um clone. Porém, o seu poder era maior do que o corpo conseguia suportar, e ele começou a se deteriorar. Seus seguidores iniciaram então uma busca incansável pelo “corpo perfeito”, criando vários clones.

Uma dessas tentativas foi considerada um “Clone imperfeito”, que não conseguiu reter o poder ou a consciência de Palpatine, fugiu dos Seguidores Sith e seguiu sua própria vida, chegando até mesmo a se casar e, eventualmente, a ter uma filha.

De certa forma, Rey é na verdade, “filha” de Palpatine.

Resta saber se isso será explorado futuramente pela Disney em um novo “Universo Estendido” ou se será somente varrido para debaixo do tapete.

Não há previsão da publicação da novelização do filme em terras tupiniquins.

Avalie a matéria

Marcio Fury

Escritor, revisor, colecionador e pai nas horas vagas. É o melhor no que faz, mas o que faz não é nada bonito.