Marvel Comics #1000

Criadores de renome juntam-se para celebrar os 80 anos da Marvel ...

Continuando as comemorações dos 80 anos da Marvel Comics, a editora Panini publica o evento MARVEL COMICS #1000 em edição única e com capa dura.

Num encadernado com 128 páginas temos as edições MARVEL COMICS #1000 e MARVEL COMICS #1001. A primeira edição recebeu um trailer publicado pela Marvel:

Na primeira página desse gibi comandando por Al Ewing (que se encarrega de costurar uma tênue trama principal nesse projeto), podemos reviver a criação do Tocha Humana original. Explodindo a quarta parede, esse é o início da Marvel, mesmo que ainda sob o nome Timely Comics, em 1939. O gibi se chamava exatamente Marvel Comics #1.

II~MaxMarvel123~II — Marvel Comics #1000 - The Last Word (August ...

Cada um dos 80 anos da Marvel recebeu uma página dentro do gibi e é representado por algum destaque da editora contido naquele intervalo e mais: cada um deles é produzido por uma equipe criativa diferente. A sensação é de estar lendo uma compilação de páginas dominicais, saka?

A experiência é incrível! Há um fato unindo tudo isso: o mistério da Máscara da Eternidade. Mas ele não é recorrente em todas as páginas, o que deu aos criadores uma enorme liberdade criativa.

Por exemplo, a página reservada ao ano de 1973 foi estrategicamente cedida a Gerry Conway, e ela vai mudar a sua percepção sobre a sequência abaixo:

Spider-Man: Renew Your Vows & How It Renews Peter Parker | Den of Geek

Após essas 80 páginas de pura nostalgia, o encadernado ainda conta com a edição Marvel Comics #1001, que tem a mesma estrutura da edição anterior só que sem a sequência de datas, sugerindo que esse é o material que sobrou da elaboração da Marvel Comics #1000, mas não se engane: essa edição tem passagens frenéticas e emocionantes tanto quanto a anterior.

Em minha humilde opinião, o projeto deveria ter sido publicado em capa normal, o que talvez diminuiria os custos para o leitor, mas entendo. Considero que esse seja um gibi pensado para o leitor das antigas e também para aqueles que queiram conhecer mais sobre o passado da editora. Como sua estrutura narrativa não é nem um pouco convencional e o gibi nem tenha uma história propriamente dita, acredito que o leitor casual passaria longe desse material, então a aposta foi mesmo no leitor mais hardcore. Eu recomendo!

Marvel Comics #1000 na Amazon

Marvel Comics #100 na loja virtual da Panini

Se você possui interesse pelo tema, talvez goste dessas matérias:

Avalie a matéria