Falcão e o Soldado Invernal – S01 E04 – O Mundo Está Vendo

Falcão e o Soldado Invernal – S01 E04 – O Mundo Está Vendo: O terceiro episódio de Falcão e o Soldado Invernal terminou com a aparição da Dora Milaje Ayo (Florence Kasumba) “intimando” Bucky a entregar Zemo à autoridade de Wakanda. E isso nos trouxe a um quarto capitulo realmente bom, amigo popnauta!

Os 53 minutos deste episódio se iniciam com um baita flashback mostrando como foi o final do processo que libertou Bucky de sua programação assassina, ministrado justamente por Ayo, no período em que esteve em Wakanda. Voltando ao presente, depois de uma importante explanação de Zemo sobre a tenue linha que separa um super-humano de um supremacista, o trio dançante segue no encalço dos Apátridas até um funeral. Lá, as opiniões novamente se dividem sobre qual curso de ação devem tomar, mas Sam quer fazer valer sua experiência de veterano de guerra. Ele tenta convencer Karli a seguir outro caminho, e quase consegue – não fosse a intervenção de John Walker e seu parceiro Lemar.

Durante a cena da conversa entre o Falcão e a líder dos Apátridas, podemos perceber as camadas de desenvolvimento dos personagens, que estava meio que relegado desde o término do primeiro episódio. Morgenthal mostra tanto o lado justo, de proteção, igualdade e luta pelos direitos, quanto a faceta supremacista e ultraradical, confirmando a análise de Zemo. Vemos também a posição de Sam, que cada vez mais se aproxima dos ideais de Steve Rogers.

A atitude impulsiva de Walker também nos conecta com a verdadeira natureza do novo Capitão América: violento, instável e frustrado. Zemo aproveita a deixa e, em combate contra Karli, destrói quase todos os frascos do soro de super-soldado que ela possuía. Sobrou apenas um. Advinha com quem ficou? Claro que foi com Walker!

Ao retornarem ao luxuoso apartamento de Zemo, nossos heróis tem um arranca-rabo, que culmina com a chegada das Dora Milaje, que acabam sentando o braço em todo mundo. Zemo se aproveita da confusão para escapar pelo esgoto. É importante ver a reação de Walker, humilhado, que corrobora com as ações que ele tomará no futuro. É bacana ver como cada um dos personagens reage à possibilidade de se tornar um super-soldado, novamente acrescentando questões morais à narrativa.

Karli coloca em pratica seu plano para destruir de vez o símbolo americano do Capitão América. Para isso, ela ameaça a familia de Sam, por quem ela, mesmo se sentindo traída, nutre uma espécie de respeito. Isso leva a mais uma luta, onde Lemar, o Estrela Negra, acaba sendo morto por Morgenthal. Nessa luta descobrimos que Walker já fez uso do soro e agora é um super-soldado também. Enfurecido pela morte do amigo, ele persegue um dos terroristas até uma praça pública e o mata na frente de diversas pessoas, que filmam a cena brutal. Baita final para um baita episódio!

E você, popnauta, já assistiu ao episódio? O que achou da resenha Falcão e o Soldado Invernal – S01 E04 – O Mundo Está Vendo? Deixe seu comentário e fique ligado aqui no Popsfera para todas as informações sobre Falcão e o Soldado Invernal!

Compre a revista U.S.Agent: The Good Fight no link abaixo:

U.S.Agent: The Good Fight

Avalie a matéria

Fabiano Souza

CAPITÃO no meio campo, escreve textos e destrói falsos deuses antes do café da manhã