Doutor Estranho- O Arauto Supremo

Bróder, tá na banca esse tepêzinho sensacional do Doutor Estranho escrito pelo Mark Waid e com desenhos de Barry Kitson. Não é necessário ler absolutamente nada recente antes pra aproveitar quase que 100% a leitura. Há uns conceitos inseridos pelo próprio Waid nesse período em que ele esteve à frente do título, como a forja mágica usada para criar armas e descer o cacete no Pesadelo ou no Mephisto, que sempre foram bem magrinhos, deve ser fácil apavorar esses caras.

Se esse arco tivesse saído nos anos 80 nos formatinhos da Abril, hoje seria clássico. Uma história sobre perdas e sacrifícios, elementos tão comuns na vida dos nossos heróis dos gibisinhos, com muita ação e uns caras morrendo pra depois voltar. Senti a falta do Thor quando todos os heróis MÁZICOS foram convocados, mas dando uma conferida aqui me liguei que o arco aconteceu simultaneamente à Guerra dos Reinos, então o filho de Odin estava meio que ocupado tomando um pau dos Gigantes de Gelo.

Stephen Strange está de boa na casa dele, o Sanctum Sanctorum, no que parece ser mais uma das famosas meditações para manter o estado zen e assim controlar a magia do universo, mas não é nada disso. Ele está flutuando e lembrando das minas que ele já pegou na vida. Todo mundo já fez uma lista, vá! Deixa o cara…

Aí aparece um Zé Ruela chamado ZOLOZ. Se é vilão da DC certeza que teria que falar o nome desse cara ao contrário pra ele sumir, tipo o Myxtchúplik. Tente!

co/ - Comics & Cartoons » Thread #109926562

“Diga meu nome ao contrário AGORA!”

Esse cara está com um problemão: Galactus vai jantar o planeta dele. Como a galera por lá é mais ligada na magia, esse ZOLOZ procurou o Mago Supremo, o David Copperfield da Terra-616, o Harry Potter adulto: Mister Doutor Estranho!

Estranho se recusa a ajudar o cara sem ter um plano, sem discutir consequências, sem pedir ajuda; e o malucão surta e aprisiona o bom Doutor, se apodera de uns artefatos do alakazam que Stephen mantém em sua casa e em dois quadrinhos os caras estão na frente de Galactus. Zoloz usa toda sua magia e bani Galactus para a Encruzilhada, as Profundezas dos Domínios Místicos, pro lugar onde vivem Pesadelo, Mephisto, Dormammu e os cacetes.

Dr Strange Dr Strange GIF - DoctorStrange BenedictCumberbatch ...

Tenho certeza que vocês sabem que o Galactus é uma força de equilíbrio da natureza e, uma vez que ele não está mais aqui e está lá no universo místico consumindo planetas mágicos, fica fácil deduzir que a vaca caminha a passos largos em direção ao pantanal (o tradicional “a vaca foi pro brejo”).

Para evitar que um planeta seja consumido pelo Devorador de Mundos, Estranho se oferece como seu arauto, que aceita a barganha. Ao consumir a energia mística, Galactus se transforma em algo entre a ciência e a magia, algo novo e assustador, e algo que foi dado a ele por um segundo arauto: DORMAMMU!

Dormammu com sua cabeça flamejante dá uma de Doutor Destino e tenta controlar o poder de Galactus, que aplica uma invertida nesse demônio e o consome, despirocando de vez. Surge o DORMAMMACTUS, ou o GALACMAMMU, você decide.

Marvel Gives Galactus a Universe-Breaking Power Upgrade

Sabendo que a casa estava prestes a cair, Doutor Estranho toma medidas desesperadas e fica devendo um favor para Mephisto. Então, eleconvoca os heróis místicos da Casa das Ideias (menos o Thor). Antes de um primeiro ataque ser efetuado, Zoloz surge com uma galera de heróis espaciais, tais como a Guarda Imperial de Shiar, o Surfista Prateado, o Nova, alguns ex-arautos e até a Família Real dos Inumanos.

Everything Against Galactus In Doctor Strange #16 – COMICON

É guerra, mano! Vários personagens importantes foram pro saco e eu só pensava em como os caras reverteriam esse porra. Foi uma batalha sensacional…e os heróis perderam. Ou quase!

Stephen sobreviveu ao colapso provocado pela explosão de Galactus porque Mephisto o transportou para seu reino no último instante. Numa cena com a Eternidade, o Tribunal Vivo e o Vigia só observando, Stephen reconstrói o universo dentro de uma casca de noz.

E então Mephisto, o cramunhão, vem cobrar o seu favor, esse maldito! E como Mark Waid é um gênio, não por ter escrito fase marcante no Demolidor ou trabalhos menores como Reino do Amanhã ou Flash, mas sim por prestar uma linda reverência a uma das mais injustiçadas histórias em quadrinhos dos últimos anos: O PACTO!

Mephisto exige o amor que Clea sente pelo bom Doutor, mas mantém o que ele sente por ela. Bicho, isso corta o meu coração. De novo? Que sadismo miserável desse maldito demônio! Em cena linda, Strange vai dizer adeus à sua amada, que o recebe com calor e carinho, mas seu coração congela em meio à despedida. O brilho nos olhos de repente se foi, e Mephisto gargalha no inferno.

Fim do gibi, tudo volta ao normal, ninguém se lembra de nada, nem Zoloz, que teve sua trajetória rearranjada para que ele nunca tenha banido Galactus pra lugar nenhum. Ao invés disso ele se ofereceu como arauto do Comedor de Planetas.

Se quiser conferir, dê uma olhada nesse link da loja virtual da Panini, ou na Amazon.

Avalie a matéria