Doom Patrol S02E06: A Patrulha Espacial!

Umas das coisas mais legais de Doom Patrol é o “tema” dos episódios e a maneira como o desenvolvimento se estende a todos os personagens – dentro do tema principal. Essa semana tivemos viagens ao espaço, aos subterrâneos da mente, ao passado, ao espelho – novamente, nenhum dos heróis disfuncionais da Patrulha do Destino sai ileso ao enfrentar o tema desta semana: o apego ao passado.

O episódio anterior terminou com um gancho brutal: desesperada, Dorothy faz um pedido para o Candlemaker e a criatura massacra não apenas Baby Doll, mas também Flaming Katy – duas personalidades da psiquê de Jane são destruidas. Agora Dorothy está desaparecida e o Homem-Robô encontra o corpo comatoso de Jane. As coisas já pareciam bem complicadas quando os Pioneiros do Desconhecido aparecem – um trio de exploradores espaciais que foi enviado numa missão por Niles Caulder em 1955! Larry fica “fazendo sala” para as visitas, o que acaba não sendo uma tarefa das mais fáceis: Specs e Zip não param de fazer as brincadeiras mais infantis, enquanto Moscou, a astronauta russa Valentina Vostok, tem algo em comum com o Homem-Negativo: ela também tem um “espírito negativo” dentro dela! Diferente de Larry, ela aprendeu a controlar a manifestação negativa debaixo de sua pele, e não hesita em contar como conseguiu: tudo ficou mais fácil quando ela desapegou do passado e aceitou sua condição.

“Como é que eu me meto nessas roubadas?”

Victor Stone, o Cyborg, é um personagem que nem sempre presto a devida atenção na série. A falta de laços com os quadrinhos da Patrulha do Destino sempre me fazem vê-lo como se estivesse fazendo uma participação especial antes de voltar aos Titãs – o mesmo acontece quando o vejo na Liga da Justiça. Aqui, afastado do time, ele até que tem mostrado um desenvolvimento interessante. Ele descobre que sua namorada Roni recebeu implantes cibernéticos para missões secretas do governo – e teve a tecnologia removida de seu corpo. O que sobrou da tecnologia em seu organismo a está envenenando lentamente e, quando tenta descobrir mais sobre sua condição, Victor identifica a origem dos implantes: S.T.A.R. Labs e Caulder Robotics. Todos os problemas de sua vida em um único pacote. O subplot do Cyborg destoa um pouco do “desapego ao passado” dos demais – exceto pelo fato de que há uma sombra que jamais o abandona.

Enquanto isso, Rita consegue um papel em uma peça de um pequeno grupo teatral e. A Mulher Elástica parece ser a que está fazendo mais progressos, tanto com seus poderes como psicologicamente. O problema é que a peça não é o que ela pensava: trata-se de uma dramatização dos eventos da primeira temporada, em que a cidade de Clovertown foi engolida pelo chão – e ela ainda precisa ver outra mulher fazendo o papel da “garota bolha” como se fosse uma vilã. A jovem atriz ainda explica para Rita porque escolheu interpretar a personagem daquela forma: é um choque para Rita saber a visão que as outras pessoas têm dela, mesmo diante dos incidentes da primeira temporada (em que ela foi a heroína). O passado de Rita ainda é um tormento muito grande para ela, mesmo o passado recente.

A maior atriz de seu tempo.

No Subterrâneo, o lugar da mente de Jane onde suas personalidades coexistem, está sendo feito um funeral para Baby Doll e Flaming Katy. Os corpos das duas personas de Jane serão jogados no Poço, o mesmo onde a personalidade primária original, Miranda, cometeu suicídio. Sem muitos spoilers aqui – mas algumas coisas voltam. E isso vai alterar Jane drasticamente daqui pra frente.

Com a chegada dos Pioneiros do Desconhecido em um foguete, Dorothy aproveitou para fugir o mais longe que pôde: ela o rouba e vai para o espaço! Claro, Caulder tinha seu próprio foguete e faz com que Cliff o acompanhe até um distante e desolado planeta atrás de sua filha. Chegando lá, vemos novamente como os temas de desapego ao passado são importantes para que Cliff convença Dorothy a voltar para casa com ele e Niles – mas tem um porém. Se você achou o final do episódio anterior brutal e ficou roendo as unhas por uma semana para ver as consequências do que tinha acontecido, espere só até ver como Niles Caulder retribui a lealdade do Homem-Robô.

“Você já ouviu a tragédia de Darth Plagueis, o Sábio?”

Ironicamente, tanto Cliff quanto Larry chamam a Patrulha de “família”, e afirmam estar dispostos a tudo para mantê-la unida. Se vai sobrar o suficiente da Patrulha até o final da temporada, ainda estamos por descobrir mas, a julgar por esse episódio, não existe preocupação nenhuma em ter personagens suficientes para isso.

Avalie a matéria

Raul Kuk o Mago Supremo

Raul Kuk - o Mago Supremo. Pai de uma Khaleesi, tutor de uma bruxa em corpo de gata.