A Era do X-Man – editora Panini

Chega ao fim a saga A Era do X-Man pela editora Panini e estamos aqui pra fazer um resumão e contar como foi.

Como você se lembra, no arco X-Men – A Queda os mutantes enfrentaram Nathan Grey mais xarope do que nunca. Contando com a ajuda de Legião, esse cara deu uma turbinada em seus poderes e atingiu nível Ômega, o que é coisa pá cacete. A ideia do roskão era construir um mundo à sua imagem e semelhança. Ao fim da batalha, os X-Men presentes na treta (quase todos) sumiram e foram dados como mortos. Só que não, né?

“Se aqui não rola, vou criar um mundo onde eu seja o dono da bola” – Nate Grey, o poeta.

Nate cria um mundo utópico onde todos são mutantes, onde a vida é perfeita e, para que esse equilíbrio nunca se desfaça, um mundo onde as pessoas evoluíram para além do romance, além da cópula, além da reprodução. Esse mundo será explorado pelo leitor em seis títulos diferentes, cada um apresentando um ponto de vista do estranho mundo novo de Nate Grey.

A Marvel publicou o evento com uma edição inaugural (Alpha) e seis mini séries simultâneas. A saga fechou em uma edição epílogo (Ômega). A editora Panini publicou a saga na íntegra em seis encadernados, cada um contendo uma mini série completa. As edições Alpha e Ômega fazem parte do mix do volume 1 e do volume 6, respectivamente. Vamos a eles:

OS MARAVILHOSOS X-MEN

Esse gibi traz a edição americana Age of X-Man Alpha #1, que é aquele ponto inicial da saga, um posicionamento da galera. Nele você fica sabendo que o mundo agora é perfeito, todos são mutantes e nada está errado. Warren Worthington III comanda o Instituto Summers, onde nascem as crianças dessa nova realidade. Numa cena com Glob, um mistério é criado pra ser resolvido no volume 02, o da Próxima Geração. Noturno é um ator de grande sucesso, como será mostrado no volume 03. os X-Men vivem no Santuário X e a equipe é formada por Nate Grey, Magneto, Colossus, Noturno, Tempestade, Jean Grey, Lucas Bishop e a Nature Girl. Jean e Bishop vivem um romance, o que é proibido… então os X-Tremistas (vol 04) aparecem para prender Lucas, situação que será desenvolvida no volume 05, Prisioneiros X. O volume 06 é reservado para Apocalipse e os X-Traídos.

Os Maravilhosos X-Men são adorados pela população mutante. Eles representam toda a prosperidade que a mutandade conseguiu atingir. Mas há algo acontecendo dentro da equipe. Lucas Bishop sumiu sem deixar rastros e ninguém parece perceber, além de X-23 ter tomado o seu lugar da noite pro dia. Quando um incêndio ameaça a população e a equipe precisa intervir, X-23 precisa ajudar os bebês mutantes que ainda nem nasceram. Ao carregar o primeiro, ela é atingida por memórias de uma irmã que julgava nunca ter tido. Nate, o X-Man, mutante todo poderoso dessa realidade, apaga essa memória dela. Logo após, Jean Grey é atingida por um sinal psíquico com a mensagem ESTÁ TUDO BEM EM AMAR. Ela repete a frase e toda a equipe se questiona sobre quem poderia querer destruir o estilo de vida atual com esses sentimentos banidos. Jean responde que ouviu alguns nomes: Kitty Pride, Genesis e En Sabah Nur.

Essa mini tem um interessante embate: de um lado uma equipe adorada por seu povo mas que sabemos que é manipulada, de outro uma equipe composta por rebeldes que pregam o amor. Há uma passagem na qual Colossus diz sobre os rebeldes: “A insurgência deles é como fogo numa floresta. Com nosso estilo de vida sendo ameaçado, como que o uso de força não é justificável?”. Em dias de política conturbada, talvez essa leitura seja proveitosa. E fica ainda melhor pro Colossus quando ele encontra uma até então desconhecida Kitty Pride entre os X-Traídos. Ao longo da jornada outros mutantes também vão recobrando um pouco de memória até que a casa começa a cair pro X-Man ao final dessa mini.

PRÓXIMA GERAÇÃO

O Instituto Summers é onde os mutantinhos vão estudar. Todos os mutantes xófens estão lá. Glob parece mais deslocado do que o normal e piora quando ele descola três galinhas e dá a elas os nomes Logan, Hope e Scott. Um dia a galera resolve ir até a biblioteca estudar, mas uma casa em chamas chama a atenção. Lá, Hisako e a Fada vêem Blob, um integrante dos X-Tremistas, abatendo e dizendo que vai apagar a mente de Bling. Elas tentam argumentar, Blob é ríspido e elas vão embora, mas antes esbarram com Anole pulando a janela apavorado e correndo. Hisako vai até Glob para contar o que viu e ele diz a ela que se lembra do mundo anterior. Essa mini mostra a Next Generation lidando com esse adorável mundo novo e tem um final bem legal.

O ESPETACULAR NOTURNO

Essa mini mostra a vida glamourosa de Kurt Wagner, astro de cinema, adorado por multidões. Dono de todos os recordes da indústria, o mutante alemão e sua paceira nas produções Meggan vivem um romance secreto, e tudo piora quando ele descobre que talvez esse romance já tenha dado frutos e sua mente fora apagada… Final emocionante.

X-TREMISTAS

Toda forma de governo opressor precisa de sua força policial meio fascista e que desce a porrada antes de perguntar. Os X-Tremistas fazem o serviço sujo na utopia do X-Man.  Psylocke, Homem de Gelo, Estrela Polar, Blob, Jubileu e Monet protegem a galera de perigos ocultos, como o amor pregado pela galera do Apocalipse. Essa mini traz talvez a melhor edição avulsa de toda a saga: Jean Paul Valley, Bob Drake e Rictor, todos gays, ficam bêbados no cinema. É hilário! A prisão de uma rebelde grávida rompe a equipe, que implode bonito. A cena em que o Homem de Gelo se lembra da vida que ele não tem mais é bem bonitinha.

PRISIONEIRO X

Bishop foi pra cadeia por amar demais! E não se trata de uma cadeia comum, mas sim da Sala de Perigo, prisão pra onde vão todos os mutantes que não se encaixam na nova ordem mundial. Mini série bacana, com alguns clichês do mocinho na prisão, e que nos conta o que aconteceu com um personagem muito importante do arco A QUEDA: Legião! Ao final dela Bishop, Fera, Polaris, Danni Moonstar e Gabby estão prontos pra encarar o X-Man.

Apocalipse e os X-Traídos

Essa é a mini das dorgas, do paz e amor, dos hippies. Com um conceito pra lá de ousado, nesse gibi os caras abordam um mundo sem religião. Kitty Pride vê uma menorá, candelabro judaico, e não sabe o que é aquilo. Ao tocar a peça, ela lembra de sua mãe em um ato de fé em sua infância. O gibi culmina em um debate filosófico entre Kitty e Apocalipse, e o resultado é a equipe pronta pra ter uma conversinha com Nate Grey. O que acontece nesse mesmo volume, que traz a edição Age of X-Man Omega #1, onde rola o confronto final entre X-Man contra a rapa…

A edição é bastante verborrágica, com Nathan explicando a sua visão das coisas e Jean Grey mandando a dolorosa e dura realidade na fuça dele. Alguns mutantes ainda acreditavam na ideologia de Nate, outros recobravam integralmente a memória de sua vida anterior. Nathan aceita enviar todos de volta pra casa, e você já viu essa cena em Fabulosos X-Men vol 04:

Uncanny X-Men (2018-) Chapter 22 - Page 25

Saldo muito positivo para o leitor que busca uma história divertida e ainda se encanta com essas sagas recorrentes do universo mutante de realidade alterada. Você sabe, toda história dos X-Men é igual e os mutantes vivem em um looping eterno, mas nós gostamos é disso mesmo.

Que venham os X-Men de Jonathan Hickman.

Todos os volumes de A ERA DO X-MAN podem ser encontrados na loja virtual da Panini.

Avalie a matéria